9 de outubro de 2008

Deixa o ministro em paz, gente.

Carta ao bebê chorão querido Paulo Coelho.
Xuxuzinho, leia com atenção - prometo tentar escrever numa linguagem bem acessível pra você. Se o ministro recusou o seu convite, entenda: ele é o ministro da Cultura, e deve comparecer a eventos que prestigiem a cultura, tá?
Ou você acha que a querida banda Calypso ficaria ofendida se convidasse o mesmo ministro pra um show e ele recusasse? Cultura é uma coisa. Produtos culturais (sim, banda Calypso e seus livros são, pra mim, apenas produtos culturais) são importantes pro país e etc, mas não faça todo esse drama porque um convidado teve a coragem de dizer que não ia no seu evento - e eu tenho certeza, quem vai, vai apenas pra puxar o teu saco, já que você vendeu 479.435 milhões de livros e tem dinheiro.
E fala sério. Por mais que você tenha vendido não-sei-quantas-cópias, o ministro tem mais o que fazer, né? E quem garante que não apareceu mesmo um evento de última hora?
Continue escrevendo seus livros de quinta categoria, nade em dinheiro (porque o povo gosta de "cultura") - mas não dê uma de criança mimada quando a mãe diz que as coisas não são bem daquele jeito, ok?

Recadinho pros (prováveis) leitores: Ok, ok, você pode AMAR Paulo Coelho. Eu odeio. Sim, eu leio produtos culturais - e me divirto com eles (é só olhar a minha lista de desejos de livros aí do lado). Mas Paulo Coelho, never. Então, comente, fale que você ama os livros que eu odeio, mas mantenha o bom senso, tá? Afinal, o blog é meu e eu coloco as minhas opiniões nele. =)

Post-fruto do desabafo do Paulo Coelho no blog dele.

2 comentários:

Jeysi Garcia disse...

Ahhh, eu não gosto do Paulo Coelho.
Realmente acho os livros dele chaaaatos, e sem informação alguma( táááá, são livros de ficção).

Mas ele realmente é um saco.

=/

Noiva Mari disse...

ai .. tbem nao gosto dele ... nunca tive vontade nenhum de ler os livros dele ... acho as entrevistas e a cara que ele faz como se tivesse podendo .. um nojo eca !